• Redação Jeduca

Vem aí o Congresso da Jeduca



O 4º Congresso Internacional de Jornalismo de Educação, evento promovido anualmente pela Associação de Jornalistas de Educação (Jeduca) desde 2017, será realizado totalmente on-line neste ano, entre 19 e 23 de outubro. A inscrição será gratuita. Devido à pandemia do novo coronavírus, o evento que, tradicionalmente, reúne mais de 400 participantes de forma presencial, este ano terá um novo formato. “O momento atual trouxe diversas novas discussões para o jornalismo e também para a educação, por isso a organização de uma série de debates se torna crucial no país”, explica Renata Cafardo, vice-presidente da associação. O evento terá como tema central “O jornalismo de educação na pandemia − O que fizemos até aqui e como continuamos na retomada”, com atenção especial para a cobertura jornalística no contexto atual e às questões educacionais que surgiram em 2020. Entre elas, o agravamento das desigualdades e os grandes desafios de professores, estudantes e gestores diante deste cenário.

“É um desafio para nós fazer um congresso totalmente on-line, sem o contato mais direto entre os jornalistas e também especialistas”, afirma Renata. “Vamos ter que superar essas questões, afinal este é o momento que estamos vivendo. Vamos buscar oferecer discussões tão ricas e com aprendizados como nos congressos presenciais”.

Programação

Para montar a programação, a Jeduca recebeu sugestões dos membros do comitê editorial e dos associados. Ela será mais enxuta para se adequar ao formato online e terá dois eixos: jornalismo e educação. As mesas focadas em jornalismo debaterão os novos desafios da cobertura no contexto atual, que envolvem medo de contaminação, reportagens in loco prejudicadas, mudanças na relação com fontes e com governantes. Também serão temas de debate a valorização da informação de qualidade durante a pandemia e a cobertura de educação nas eleições municipais deste ano.

As discussões com mais ênfase na educação tratarão de temas como desigualdade, tecnologia, aprendizagem e os imensos desafios da retomada das aulas neste segundo semestre. E ainda: o que a pandemia pode deixar de boas lições para a educação?

Formato

As mesas − duas por dia − e oficinas serão distribuídas em cinco dias de evento (segunda a sexta-feira), com debates gravados e ao vivo. Todas elas terão tradução em Libras.

A gravação das mesas é uma opção que prioriza a qualidade de imagem e conectividade, para que os debates possam fluir bem, sem quedas de conexão, e com garantia de recursos, como tradução simultânea e Libras. Faremos também uma cobertura extensiva em nossas redes sociais e site.

Renata explica que a programação será compacta, pensando no tempo das pessoas para o acompanhamento das atividades, especialmente após tantos meses de isolamento imposto pela pandemia. “Mas o congresso não se inicia e se esgota nesta semana. Antes dele e também depois, seguiremos realizando nossos webinários dentro desse guarda-chuva temático, com regularidade e buscando contemplar o maior número de sugestões que recebemos”, completa.

Em breve, a Jeduca lançará a programação completa e abrirá as inscrições para o congresso.

O 4.º Congresso Internacional de Jornalismo de Educação tem o patrocínio da Fundação Lemann, Fundação Telefônica Vivo, Instituto Unibanco, Itaú Social, Itaú Educação e Trabalho, e apoio do Colégio Rio Branco e Loures Consultoria.

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco
  • Branca Ícone Instagram

© 2020 por Educa 2022. Os textos do portal Educa 2022 podem ser reproduzidos, desde que citada a fonte "Educa 2022".