• Jornal da USP

USP é melhor brasileira no QS Latin America


Por Erika Yamamoto, do Jornal da USP


A Universidade de São Paulo (USP) é a melhor universidade brasileira segundo o QS Latin America Ranking, publicado em 25 de agosto de 2021, pela organização britânica Quacquarelli Symonds (QS). Essa 11ª edição do ranking avaliou e classificou 416 instituições da América Latina. A Pontifícia Universidade Católica do Chile lidera a lista.


Do total de 95 universidades brasileiras ranqueadas, sete estão entre as 20 melhores da região. Além da USP, a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) ficou na 7ª colocação; a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), na 9ª; a Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp), na 12ª; a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), na 16ª; a Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), na 17ª; e a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), na 19ª.


A USP obteve a média de 98,8 pontos, de um total de 100 pontos, e ficou na liderança em quatro dos oito indicadores avaliados: quantidade de professores com doutorado, publicações por faculdade, rede de pesquisa internacional e impacto na internet.


Destaque internacional


A USP também conquistou posições de destaque em outros rankings divulgados pela QS neste ano. No ranking mundial, a USP é a melhor instituição brasileira, classificada na 121ª posição.


No QS World University Rankings by Subject, a universidade se destacou em 13 áreas, nas quais foi classificada entre as 50 melhores: Odontologia (13ª posição); Engenharia de Petróleo (29ª); Engenharia de Minas (34ª); Turismo (37ª); Engenharia Civil e de Estruturas (39ª); Ciência Veterinária (40ª); Antropologia (44ª); Geografia (46ª); Agricultura e Silvicultura (46ª); Direito (46ª); Línguas Modernas (47ª); Arquitetura (48ª); Ciências Políticas e Relações Internacionais (50ª).


Em 19 áreas específicas a universidade ficou entre a 51ª e a 100ª posição; em nove áreas, entre as 150 melhores; e, em três áreas, entre as 200 melhores. As áreas específicas são agrupadas em cinco grandes áreas, e a USP está entre as 100 melhores na classificação geral de todas as cinco: Ciência Social e Administração (52ª), Artes e Humanidades (57ª), Ciências da Vida e Medicina (74ª), Ciências Naturais (75ª) e Engenharia e Tecnologia (86ª).