• Secom UnB

Pandemia: UnB ouve relatos de enfermeiros

Atualizado: há um dia



Estudantes do curso de enfermagem da Universidade de Brasília (UnB) estão entrevistando enfermeiros que atuam no combate à covid-19 em todo o país. Eles já falaram com 36 profissionais, para saber as mudanças e os desafios que têm enfrentado no cotidiano, além do impacto da pandemia em suas vidas.


A ação faz parte do projeto Enfermeir@s Incríveis na linha de frente da pandemia de covid-19, que busca valorizar a atuação dos profissionais. Os depoimentos já estão no Youtube, em vídeo, e no Spotify, em áudio.


“Queremos desconstruir essa imagem do herói. Muitos enfermeiros estão vulneráveis, muitos profissionais foram infectados e faleceram. Queremos mostrar o lado humano, que eles têm desafios e medos e que eles devem ser valorizados pelo que fazem”, diz a coordenadora do projeto, professora Mariana Franzoi, da Faculdade de Ciências da Saúde.

Entre os entrevistados, há enfermeiros de diversas áreas: atenção básica, vigilância de saúde, cardiologia, saúde mental, oncologia, obstetrícia, unidade de terapia intensiva, emergência e trauma, gestão de políticas públicas, home care e sistema prisional.


Nos vídeos gravados, eles também dão recomendações aos estudantes e à comunidade em geral sobre a prevenção à covid-19. O material está disponível na página e no blog do projeto.


Webinário


Mensalmente é promovido também um webinário, o Vida de Enfermeir@s Incríveis, no qual os profissionais têm espaço para contar sua trajetória na área. "Nós já tínhamos planejado esta iniciativa desde o ano passado para estrear com a nossa plataforma, e a pandemia só veio acelerar o processo", conta Mariana, que irá defender tese de doutorado sobre o desenvolvimento da plataforma, inicialmente destinada à mentoria de estudantes de enfermagem.

A educação passa por aqui.

Educa 2022

Professor que escreve uma fórmula em um

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2020 por Educa 2022. Os textos do portal Educa 2022 podem ser reproduzidos, desde que citada a fonte "Educa 2022".