• Secom UnB

UnB expulsa estudantes por fraudes em cotas


Foto: Heloíse Corrêa/Secom UnB.

A reitora da Universidade de Brasília (UnB), Márcia Abrahão, assinou, no último dia 13 de julho, a expulsão de 15 estudantes, após a verificação de fraudes no ingresso por meio das cotas raciais. Além deles, outros dois egressos tiveram os diplomas cassados e oito, que já estavam afastados da universidade por outros motivos, os créditos anulados. Trata-se de decisão inédita na história da instituição. Os estudantes expulsos são dos cursos de Direito (quatro), Medicina (quatro), Ciências Sociais (três), Letras-Francês, Ciência da Computação, Engenharia de Software e Medicina Veterinária (um de cada uma dessas graduações). Os ex-alunos com diploma cassado cursaram Direito. Eles também tiveram os créditos anulados. O processo teve início em 2017, quando a instituição recebeu denúncia de fraude na utilização da política de cotas raciais por parte de cem estudantes. A administração, então, abriu a sindicância, em novembro daquele ano, e nomeou comissão para fazer a análise dos casos. Em 2018, mais um caso foi acrescido à lista. Uma averiguação preliminar descartou o envolvimento de 73 estudantes (seja porque atendiam os critérios fenotípicos, seja porque não haviam ingressado pelas cotas); outros 28 foram investigados. Uma nova comissão foi formada em 2019, para dar andamento ao processo. Todos os envolvidos tiveram direito à ampla defesa e ao contraditório. Ouvidoria


O relatório final desta segunda comissão, que deu subsídios à decisão da reitora, passou pela Procuradoria Federal junto à UnB, que validou o processo. Com o encerramento dos trabalhos, a comissão se extinguiu, mas a universidade continua atenta a eventuais casos de fraude. As denúncias, quando ocorrem, são recepcionadas pela Ouvidoria ou pelas unidades acadêmicas, que encaminham os casos para o Decanato de Ensino de Graduação (DEG), responsável pela abertura de sindicância.

A educação passa por aqui.

Educa 2022

Professor que escreve uma fórmula em um

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2020 por Educa 2022. Os textos do portal Educa 2022 podem ser reproduzidos, desde que citada a fonte "Educa 2022".