• Secom UnB

UnB arrecada laptops para alunos



Com a retomada do calendário acadêmico marcada para 17 de agosto, a Universidade de Brasília (UnB) lançou o edital de apoio à inclusão digital. A ideia é garantir a conectividade de alunos em situação de vulnerabilidade social no retorno do semestre letivo. Devido à pandemia de covid-19, as atividades serão realizadas remotamente.

O Decanato de Assuntos Comunitários também viabilizou uma campanha on-line para que sociedade civil possa doar dispositivos eletrônicos, como computadores, tablets e laptops. A ação pretende acolher os alunos que não têm acesso a essas ferramentas tecnológicas em casa, para que não haja prejuízo no acompanhamento das atividades acadêmicas a distância.

A necessidade de apoio aos estudantes foi identificada em pesquisa recente realizada pelo Subcomitê de Pesquisa Social do Comitê de Coordenação de Acompanhamento das Ações de Recuperação (Ccar). O levantamento apontou que 6% dos estudantes da UnB não têm computador ou tablet em casa. Além disso, 30% dos alunos precisam de apoio para viabilizar acesso adequado à internet.


Até o último dia 28 de julho, a campanha já havia arrecadado 53 equipamentos doados e cerca de 450 aparelhos emprestados, como tablets, desktops e notebooks. A arrecadação estava prevista para terminar em 30 de julho.

Segundo Ileno Izídio, decano de Assuntos Comunitários e presidente do Comitê Gestor do Plano de Contingência em Saúde da Covid-19 (Coes) da UnB, a proposta é “complexa, mais inclusiva e diferenciada do que as que a maioria das universidades fez, objetivando a maior inclusão que a universidade consegue promover”.


Demanda


O primeiro edital de apoio à inclusão digital recebeu 2.745 inscrições. Segundo Ileno, o número de solicitações homologadas, no entanto, foi menor. “Com o tratamento dos dados, restaram 2.476 pedidos: 1.413 da assistência estudantil, 45 de indígenas ingressos por vestibular específico, 57 da pós-graduação e 961 de estudantes que entraram pelo sistema de cotas (recém-ingressos). Desses, 397 são de prováveis formandos.”

Foram ofertadas cinco modalidades de auxílio: empréstimo de equipamento, doação de equipamento, auxílio complementar para acesso a equipamento eletrônico com funcionalidades de computador pessoal, auxílio para aquisição de chip para acesso à internet e inserção em pacote de dados móveis para acesso à internet – este último disponibilizado pelo Ministério da Educação (MEC/RNP).


O decano enfatiza os esforços da instituição para ampliar ainda mais o acesso à educação em meio digital neste momento tão complexo: “Não desistiremos de nossos estudantes socioeconomicamente vulneráveis, e toda situação que se apresentar delicada ou difícil analisaremos com todo cuidado e atenção. Nosso objetivo é manter nossos estudantes vulneráveis na UnB para finalizarem seus cursos com êxito.”

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco
  • Branca Ícone Instagram

© 2020 por Educa 2022. Os textos do portal Educa 2022 podem ser reproduzidos, desde que citada a fonte "Educa 2022".