• Mariana Weber da Rosa

Revista: como NY planeja reabrir escolas

Atualizado: Ago 24



A volta às aulas é motivo de preocupação no Brasil e no mundo em meio à pandemia de covid-19. Nos Estados Unidos, a popular revista New York Magazine mostrou o dilema de professores, alunos e suas famílias. Publicada no último dia 3 de agosto, a reportagem revela detalhes do planejamento feito pelo Departamento de Educação da Cidade de Nova York, que planeja reabrir suas escolas em setembro.


“No fim de junho, enquanto alunos do ensino público em toda a cidade compareciam às suas cerimônias de formatura através do Zoom, o Departamento de Educação de Nova York, como parte do planejamento para a reabertura das escolas no outono, pediu a todos os diretores do sistema para medirem os seus prédios. Armados com lasers e plantas baixas, os diretores visitaram as salas de aula uma a uma, observaram quais tinham janelas e decidiram se havia outros espaços que pudessem ser convertidos em salas de aula", diz trecho da reportagem.


A revista destaca também a situação da cidade, que chegou a ser o epicentro mundial da covid-19:


“Enquanto os colégios batalham para reabrir nas condições de uma pandemia que ainda se alastra, a cidade de Nova York enfrenta um paradoxo cruel. Porque o vírus chegou cedo aqui e causou um estrago indescritível e porque a cidade entrou em um lockdown de três meses. Nova York agora é, da perspectiva do coronavírus, um dos distritos urbanos escolares mais seguros dos Estados Unidos. Portanto, teoricamente é um dos mais fáceis de ser reaberto. Mas, pelos mesmos motivos, também é o distrito urbano escolar mais difícil de ser reaberto. Seus funcionários viram o que o vírus pode fazer a comunidades inteiras. As suas finanças foram dizimadas. Assim como muitas famílias de estudantes, muitos professores saíram da cidade para um lugar mais seguro.”


Outro ponto abordado pela reportagem é a importância e o desafio dos professores:


“Ensinar é diferente de qualquer outra profissão. Você não está isolado em um computador ou dirigindo um veículo ou em uma construção martelando pregos em uma parede, cercado por adultos que você pode esperar terem o bom senso de usar máscaras e respeitar o distanciamento social. Você está o dia inteiro cercado por crianças em um espaço fechado. Você as ensina a atar os sapatos, a abrir um pacote de salgadinho, você as ensina a ler, a ver as horas, o que é um triângulo isósceles, quais foram as causas da Guerra Civil. Ninguém, além dos pais, faz mais diferença nas suas vidas. Professores são mal pagos, trabalham muito, frequentemente esquecidos — e, universalmente, profundamente amados e dignos de confiança.”


Confira aqui a íntegra da reportagem da New York Magazine.

2 comentários

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco
  • Branca Ícone Instagram

© 2020 por Educa 2022. Os textos do portal Educa 2022 podem ser reproduzidos, desde que citada a fonte "Educa 2022".