• Demétrio Weber

Obama fala aos formandos



Em meio à pandemia do novo coronavírus, as principais emissoras de TV dos Estados Unidos transmitiram um programa especial, no último dia 16 de maio, em homenagem à turma de formandos do ensino médio de 2020. São estudantes que ficaram impedidos de participar das tradicionais cerimônias de formatura, em função da covid-19.


A iniciativa reuniu virtualmente personalidades de diferentes áreas, como o ex-presidente Barack Obama, a ativista paquistanesa e ganhadora do prêmio Nobel da Paz, Malala Yousafzai, e o jogador de basquete LeBron James (um dos organizadores do evento).


Em seu discurso, Obama traçou um panorama do mundo abalado pela pandemia e dos desafios que os recém-formados terão pela frente. Para quem já se acostumou ao tom do atual presidente dos EUA, ouvir Obama foi um reencontro com a cordialidade, a esperança e a capacidade de aglutinar forças − características que, não raro, parecem fora de moda.


"Deixem para trás o velho jeito de pensar que dividiu a todos nós: sexismo, preconceito racial, status, ganância. E coloquem o mundo em um caminho diferente", disse o ex-presidente, quase ao final de sua fala de sete minutos.

O discurso de Obama contém mensagens que não se limitam aos formandos dos EUA. Pensando nisso, a produtora cultural Mariana Weber da Rosa traduziu a fala do ex-presidente e publicará uma série de três matérias sobre os principais pontos, a saber: os três conselhos de Obama para os formandos, a nova realidade em tempos da covid-19 e o simbolismo da formatura.


O primeiro texto de Mariana, que é graduada em cinema e criadora da Ah Tri Cultural, será postado hoje (26/5).

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco
  • Branca Ícone Instagram

© 2020 por Educa 2022. Os textos do portal Educa 2022 podem ser reproduzidos, desde que citada a fonte "Educa 2022".