• Demétrio Weber

'Geração Go' seleciona jovens e professores


Foto: Fundação SM / Divulgação

Estão abertas as inscrições para o programa internacional Geração Go, da Fundação SM. Podem participar jovens de 18 a 29 anos e professores da educação básicas interessados em debater desafios globais e enfrentá-los de forma colaborativa. Mais informações no texto abaixo divulgado pela Fundação SM (links para inscrições ao final).


* * *


A Fundação SM apresenta o Geração Go, um programa de formação com duas frentes: educadores e jovens. Os professores e professoras que podem se candidatar são aqueles que atuam na educação básica e estão ativos dentro da sala de aula; já os jovens devem ter entre 18 e 29 anos e curiosidade para lidar com as situações globais a partir de suas experiências locais.


O Geração Go é um programa internacional, que vai reunir educadores e jovens de nove países ibero-americanos nos quais a Fundação SM está presente, incluindo o Brasil, e tem como objetivo formar cidadãos capazes e compreender os problemas globais e atuar de forma colaborativa para a resolvê-los.


Quem são os jovens da Geração Go? São aqueles que estão sendo educados para a cidadania global na perspectiva da ética do cuidado e que vão enfrentar novos desafios.

Quem são os professores e professoras da Geração Go? Aqueles que replicam a metodologia da Educação para uma Cidadania Global, contribuindo para construir um mundo mais inclusivo, justo e sustentável.


Tanto para educadores, quanto para jovens, a formação estará dividida em duas etapas. A primeira parte inicia em abril e durará até junho, com especialistas da Fundação SM e parceiros. Em setembro, todos participarão da Academia de Líderes Ubuntu, formação que visa o empoderamento de jovens e educadores para a liderança de serviço, ética do cuidado e desenvolver a missão de construir pontes.


Quer fazer parte desta experiência? Confira, abaixo, os critérios de seleção e inscreva-se.

Educador: clique aqui

Jovem: clique aqui


(Texto divulgado pela Fundação SM. Por engano, a versão original informava equivocadamente que a faixa etária dos jovens que podem se inscrever ia de 18 a 35 anos. Na verdade, a informação correta é dos 18 aos 29 anos. O texto foi corrigido às 17h11 desta terça-feira, 23 de março de 2021))