• Demétrio Weber

Enem: participante sem máscara será eliminado



O uso de máscara será obrigatório no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em janeiro e fevereiro de 2021. Os participantes deverão utilizar acessório que cubra a boca e o nariz, desde a entrada até a saída dos locais de prova, em todo o país. Quem descumprir as regras de proteção contra a covid-19 estará sujeito a eliminação.

As regras estão previstas nos novos editais do Enem 2020, publicados no Diário Oficial da União de 31 de julho pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O uso de máscara será exigido também dos acompanhantes de mães que estejam amamentando.

As exceções ficam por conta dos casos previstos na Lei n.º 14.019/2020, que dispensa o uso da máscara por pessoas com autismo, deficiência intelectual, deficiências sensoriais ou com quaisquer outras deficiências que as impeçam de fazer o uso adequado da proteção.

Os participantes deverão retirar a máscara no momento da sua identificação. A orientação é para que isso seja feito "sem tocar sua parte frontal, prosseguida da higienização das mãos com álcool em gel próprio ou fornecido pelo aplicador, antes de entrar na sala de provas".

Datas

Os novos editais também oficializam as datas do exame, que já haviam sido divulgadas pelo Inep, após o adiamento em razão da pandemia. As provas da versão impressa serão aplicadas em 17 e 24 de janeiro de 2021, e as da versão digital, em 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021.

Confira aqui os novos editais 54 e 55 do Enem 2020.

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco
  • Branca Ícone Instagram

© 2020 por Educa 2022. Os textos do portal Educa 2022 podem ser reproduzidos, desde que citada a fonte "Educa 2022".