• Demétrio Weber

Creches: 65% das vagas são municipais



O número de matrículas em creches, em todo o Brasil, chegava a 3,7 milhões no ano passado. Quase dois terços delas − 65% − estavam sob a responsabilidade de redes municipais de ensino. O restante − 35% −, em estabelecimentos privados.

As creches são destinadas a crianças de 0 a 3 anos, e a oferta de vagas cabe aos municípios, conforme a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB). Nesse segmento, o peso das redes estaduais é estatisticamente nulo: 0,09% no ano passado. O mesmo vale para a rede federal (0,03%).



A rede municipal com maior número de matrículas em creches não é a de São Paulo, maior metrópole brasileira. Com 55.536 matrículas, a capital paulista aparece em segundo lugar, atrás do Rio de Janeiro (61.674).

Das dez redes municipais com maior número de matrículas em creches, seis pertencem a capitais. As outras quatro são de municípios paulistas, três deles da região metropolitana de São Paulo: Campinas, Osasco, São Bernardo do Campo e Guarulhos.

Os dados são da Sinopse Estatística da Educação Básica do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Confira a lista:



Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco
  • Branca Ícone Instagram

© 2020 por Educa 2022. Os textos do portal Educa 2022 podem ser reproduzidos, desde que citada a fonte "Educa 2022".