• Demétrio Weber

Ano letivo no DF vai até 2021

Atualizado: Jun 11


Foto: Divulgação/Secretaria de Educação DF

O ano letivo da rede pública no Distrito Federal deverá terminar em 28 de janeiro de 2021. É o que prevê a proposta de reorganização do calendário escolar divulgada pela Secretaria de Educação nesta terça-feira (09/6) − e que ficará em consulta pública até o próximo dia 12 de junho.

As aulas presenciais estão suspensas na rede pública desde 12 de março, devido à pandemia de covid-19. Nesse período, a Secretaria de Educação do DF disponibilizou ensino remoto pela TV, on-line e por material impresso para estudantes sem acesso à internet. As atividades até aqui, contudo, não têm caráter obrigatório.


Isso vai mudar a partir de 29 de junho, quando será reiniciado o ano letivo da rede pública − exclusivamente na modalidade remota. O ensino a distância passará a ser obrigatório para todas as etapas da educação básica: educação infantil, ensino fundamental e ensino médio, incluindo as turmas de Educação de Jovens e Adultos (EJA).


Avaliação


O governo do Distrito Federal negocia a contratação de emissora de TV para veicular a nova programação diariamente, nos três turnos, em quatro canais abertos. A aferição de presença e a avaliação dos estudantes será feita por meio de atividades escolares: a cada bimestre ou semestre, os alunos deverão apresentar um portfólio ou webfólio dos trabalhos de aula.

A proposta do novo calendário escolar ficará aberta a sugestões até as 23h59 do próximo dia 12 de junho, pelo e-mail consultapublicaseedf@edu.se.df.gov.br. De acordo com a Secretaria de Educação, "a retomada das aulas presenciais será decidida pelo governador Ibaneis Rocha, em momento oportuno, quando o risco de propagação da covid-19 estiver afastado".

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco
  • Branca Ícone Instagram

© 2020 por Educa 2022. Os textos do portal Educa 2022 podem ser reproduzidos, desde que citada a fonte "Educa 2022".